SEER – Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas / OJS

Uma nova forma de editar periódicos

A atribuição de coordenar/editar periódicos científicos é tarefa de extrema importância para o meio acadêmico e para a sociedade como um todo. Uma grande responsabilidade. Mas cumprir essa função não é uma tarefa simples. Transformar idéias e teorias em artigos e, depois, artigos em revista significa percorrer um longo e sinuoso caminho. Coordenar a seleção e preparação de originais, os pareceristas, a revisão, a diagramação, a produção da capa, gerenciar um site para disponibilizar na internet os resumos ou o conteúdo completo dos artigos e, ainda, fazer o acompanhamento gráfico e todas as tomadas de preços necessárias para a produção editorial de uma revista é um trabalho que demanda um tempo que normalmente não temos.É nesse ponto que a Letra e Imagem se propõe a trabalhar como um facilitador para a publicação de periódicos científicos. Usando ferramentas simples e uma linguagem objetiva, a Editora pretende auxiliar tanto na coordenação das etapas de produção da revista como na dinamização do trabalho. Funcionando em parceria e dividindo as funções em duas linhas: a coordenação do conteúdo, que fica a cargo do editor da revista, e a coordenação da produção, a cargo da Editora, viabiliza-se a produção de um material de qualidade e diferenciado. Desta forma, a Letra e Imagem passa a funcionar como um braço do editor ajudando-o na divisão de tarefas e agilizando todo o processo editorial.

A Ferramenta

O Open Journal Systems (OJS) é um sistema desenvolvido pelo Public Knowledge Project (http://pkp.sfu.ca/) da University of British Columbia no Canadá para a construção e gestão de uma publicação periódica eletrônica. No Brasil, o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) traduziu este sistema, passando a denominá-lo Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), e vem incentivando sua utilização em meio aos periódicos nacionais.

O SEER faz parte da nova geração de sistemas de gerenciamento de periódicos científicos e, no Brasil, ele surge como modelo alternativo de publicação do conhecimento científico para ampliar o acesso, a preservação e o impacto das pesquisas e dos resultados provenientes. Esta ferramenta contempla ações primordiais à automação das atividades de editoração de periódicos científicos, permitindo que o editor defina as etapas do processo editorial, de acordo com a política definida pela revista, mas dispondo de assistência e registro on-line em todas as fases do sistema de gerenciamento. Assim, é oferecido aos editores um ambiente no qual eles possam publicar e gerir todo o processo desde a submissão e avaliação, até a publicação e arquivamento digital de seus artigos.

A Letra e Imagem já realizou a implementação desse sistema para as seguintes revistas acadêmicas:

Revista OIKOS – IE/UFRJ: www.revistaoikos.org/seer/index.php/oikos

Engevista – PPG EE/UFF: www.uff.br/engevista/

Caderno Virtual de Turismo – LTDS COPPE/UFRJ: www.ivt.coppe.ufrj.br/caderno/ojs/

SSR – Sustainability Science Review | Revista de ciência da sustentabilidade – CDS/UNB: http://www.unbcds.pro.br/ssr

Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento – SOBRAPO:  http://www.podesenvolvimento.org.br